Transferência internacional de dados domina encontro entre APD e Standard Bank

Transferência internacional de dados domina encontro entre APD e Standard Bank


A APD, liderada pela sua presidente, Maria das Dores  Pinto, abordou hoje, terça-feira, com  Emannuel Osanga , Director   Executivo  Regional de Análises   de dados para África do Standard Bank, a transferência internacional de dados.

Na ocasião, Emanuel Osanga  ressaltou a necessidade  da transferência internacional  ser fundamental  para análise de risco de crédito, tendo  felicitado a APD pelo seu trabalho para que a comunicação de dados para fora das fronteiras de Angola  ocorra no estrito cumprimento da LPDP, que estabelece que   a transferência internacional de dados pessoais pode ocorrer, dentre outras hipóteses: (i)  vigência no respectivo país de uma lei especial de protecção dos dados pessoais, cujo conteúdo esteja em conformidade com lei angolana sobre a protecção de dados pessoais; (ii) existência de uma autoridade de protecção de dados independente.

No encontro ,em que  também foi abordado a soberania dos dados , Emanuel Osanga manifestou  o desejo do Standard Bank   em promover uma mesa redonda com todos reguladores africanos , com vista a abordar questões  como  cloud  e protecção  de dados  pessoais no continente.

   De acordo com  Emannuel Osanga, a forma prática de Àfrica estar à altura dos desafios do presente ,  colocados pelo Big Data e  Fintech,   é formar quadros nas áreas de análise de dados (data analytics),  Tecnologia da Informação ( IT) e  especalistas em cibersegurança.

Na ocasião , Maria das Dores Pinto, interveio para reafirmar que a Agência está aberta  para alargar a sua rede de contactos, tendo felicitando o Standard Bank por estar em conformidade com a Lei de  Proteccção de dados de Angola (LPDP).

      O encontro foi acompanhado pelas equipas técnicas das duas  instituições  (APD e Standard Bank)


Voltar