APD participa na 6.ª Assembleia Geral da Rede Africana das Autoridades de Proteção de Dados Pessoais ( RAPDP) em Marrakesh , Marrocos.

APD participa na 6.ª Assembleia Geral da Rede Africana das Autoridades de Proteção de Dados Pessoais ( RAPDP) em Marrakesh , Marrocos.


Durante os últimos  dois dias ( 10 e 11) , as  autoridades africanas de privacidade e proteção de dados pessoais, incluindo a APD,  reuniram para tratar de   assuntos de interesse comum. 

Desta  instância de decisão  da RAPDP, ficou decidido a criação de um mecanismo para interacção   com a GAFAM (Google, Apple, Facebook/Meta and Amazon).

Os membros da RAPDP ratificaram  e aprovaram  a  sua constituição, para além de adoptarem  uma segunda sigla  para organização -NADPA (Network of African Data Protection Authorities). 

  Por exiguidade de tempo, alguns pontos que figuraram  na agenda  foram remarcados para discussões online, tais como o orçamento e a forma de arrecadação de receitas da Rede, as regras e procedimentos da Rede,  harmonização das linhas de actuação e regras das Autoridades, com vista  estabelecer um mercado único de transação e transferência internacional de dados , bem como para   melhor atender  aos  desafios de um mercado digital africano único. 

Para além destes pontos, foi  remetido  para apreciação online o memoranndo  "MoU "entre a Rede e a Smart África, para o apoio das Autoridades, tendo em conta a sua experiência na digitalização e inovação tecnológica em África. 

À margem do encontro , a delegação angolana  encabeçada  pela sua presidente ,  Maria das  Dores Pinto , manteve   um enconto com Autoridade de Protecção de Dados do México, país à frente da Assembleia Global da Privacidade (GPA),  com quem   abordou o interesse   da APD   em   integrar o referido fórum de alcance global

     A Presidente  do Conselho de Administração da APD  fez-se acompanhar   de um dos Admnistradores Executivos da Agência, engenheiro Paulo Pedro .

Voltar